Buscar

Alta

De alta, ela não tem nada. É pequena, cinco aninhos. O nome dela é Mariana, também conhecida como Menina Maravilha. Ela tem o super poder de sempre nos surpreender com sua alegria. Mariana sempre se interna no Hospital da Baleia para um tratamento, e neste dia quando chegamos ao posto de enfermagem a médica dela nos falou que ela estava de alta, e que era pra gente dar alta pra ela, alta de verdade. Nos deu o documento e tudo. Imagina os palhaços doutores com o documento oficial, da alta oficial. Fomos com expectativa a mil. Batemos na porta, e Mariana já pronta pra brincar, escondida. Brincamos de tentar achar ela, e mesmo quando ela apareceu continuamos a brincar de procura-lá, afinal ela tem super poderes e ficou invisível. A ansiedade por chegar na hora da alta foi suprimida por todos os desejos de brincadeira dela. E brincamos mais. Até que baixou a poeira.

— Mariana, você pode se deitar pois precisamos de examinar?

— Claro!

Deitou-se, e seguimos a observá-la.

— Levanta o braço, a perna, e o outro braço!, peço pra ela.

— Esse eu não consigo por causa do cateter!, ela contou.

— Tudo bem, então o dedo, sugiro.

Fizemos os procedimentos de costume e mostramos o papel:

— Você está de alta!



Ela deu um pulo na cama e pediu o papel. Eu corri com o papel, chorando pois não queria que ela fosse embora, todos correndo atrás de mim. Até que eu dei de cara na parede.

— Ok, eu entrego, disse um pouco contrariado.

Comecei a dobrar o papel, e de dobra em dobra ela me xingava.

— Você está estragando minha alta!, dizia ela.

Dobrei até que o papel sumisse na minha mão, e ela ficou mais brava ainda.

— EU QUERO MINHA ALTA!

— Tá bom!

Peguei a alta que foi parar na orelha da enfermeira que observava. Entreguei. Ela, muito alegre, recebeu. Fomos saindo, e eu observando os lindos olhos de Mariana a brilhar, e distraído sentei com a cara na porta, e por fim ela exclamou:

— Dr. Rabisco, eu vou embora. Cuida do Mulambo que ele é muito desastrado!


Texto escrito pelo Dr. Mulambo do Sertão.