Buscar

Cura



No hospital da Baleia, os famigerados médicos Mulambo e Rabisco, colocaram em prática a cura para calvície hereditária. Antes de explicar o procedimento, vale ressaltar alguns critérios para que os besteirologistas o execute:


1°- O paciente tem que querer o atendimento, e, por consequência, participar do tratamento de livre espontânea vontade;

2°- O resultado não garante satisfação estética, e sim satisfação na alma*;

*Alma = Humor;

3°- Só é eficiente, e, por isso mesmo, só deve ser aplicado em casos de "calvície hereditária".


Após certificado, através de uma análise minuciosa acerca dos itens acima citados, o primeiro passo é limpar a careca. Para isso, utiliza-se um utensílio básico da culinária medicinal besterológica: uma calçola da tatatataravó do Rabisco, do mais puro algodão Indiano. Posteriormente, o implante começa, ao som de músicas exóticas, conhecidas também como Tantras Rabiscológicos. Coleta-se o cabelo em uma dança sensual, amostras e doações dos pacientes mais afortunados no quesito cabeleira que estão no ressinto. Bastarão 8 fios de cabeça, 3 de barba, 5 de subaco, e 1 de canela. Se joga tudo no “cucuruco” do paciente. Neste momento é importante criar calor, então a música aumenta o seu andamento, a dança ganha espírito caliente, e aquela mesma calçola usada na lustragem, vira uma toca. O paciente dá 3 pulinhos e vualá! Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta, lembrando que o tratamento é gratuito!


Texto: Dr. Mulambo do Sertão (Fernando Oliveira)

Foto: Carol Reis