Buscar

Tempo Rey

O tempo segue paradoxal no hospital: tem hora que passa voando, tem hora que demora como uma tartaruga de crochê. Tem criança que só diz oi, tem criança que não tem tempo de dar tchau. Por isso, nós, palhaças e palhaços do Instituto Hahaha, vestimos os jalecos besteirológicos e pedimos permissão para entrar nos quartos, subvertendo o tempo e a realidade em frações de imortalidade. Outro dia, Dra. Suzette descobriu que a rainha do 10º andar é, na verdade, um espelho que reflete a sua própria imagem e ainda afirma que “nesse mundo não existe ninguém mais tonto que o Dr. Alfinete”. Já ali no 6º, a porta do banheiro tem passagem secreta direto pra Disney, ou pro Japão e Argentina também. E as histórias que brotam do quarto da Duda podem ser vistas de olhos fechados, onde a imaginação flui sem nenhum obstáculo. A coleção de causos e situações aumentam na velocidade de uma cadeira de rodas turbinada, e, assim, vamos montando aquela ideia de quem somos e o que estamos fazendo nesse mundo em constante solidariedade. Somos o riso do canto da boca, o olhar curioso no corredor e a transformação horizontal do nosso próprio cotidiano.

Texto: Dr. Alfinete.

Foto: Fabiano Lana

#PraTodosVerem: Dr. Alfinete segurando Dra. Suzete enquanto uma garotinha mostra seu urso para eles. Todos estão sorrindo na foto. Fim da descrição.